2

A Escolha de Um Domínio Para o Teu Blog

Escolher um nome para o teu blog (e um domínio) é uma tarefa que pode ser divertida, mas ao mesmo tempo algo intimidante.

Existem muitos factores a considerar (já existe algum blog com esse nome, é fácil de memorizar, deve ser curto ou o tamanho não interessa, etc etc etc) e muitas maneiras de decidir.

A verdade, é que é uma tarefa com algum grau de responsabilidade, pois é algo que pode ter um grande impacto no teu blog no longo prazo.

​Para o efeito deste artigo, estou a assumir que decidiste escolher uma plataforma de alojamento próprio (lê o o artigo anterior sobre plataformas de blog) e que não estás dependente de um URL fornecido por uma empresa de hospedagem e que o teu domínio vais ser o nome do teu blog (nem sempre é o caso, mas é normalmente o que recomendo).

​Porque é Que Quero Ter o Meu Próprio Domínio?

​Ter o nosso próprio domínio é um fator essencial para muitos bloggers por diversas razões.

Para começar, se queres criar credibilidade e mostrar algum profissionalismo em torno do teu blog, ter um domínio próprio que reflita isso pode ajudar. Igualmente um domínio escolhido criteriosamente tem a capacidade de melhorar a "marca" de um produto, serviço, negócio ou até de uma pessoa.

Além disso, adquirir um domínio traz como bónus a possibilidade de ter endereços de email com o mesmo domínio (o que te ajuda ainda mais nas questões de "marca" e profissionalismo) e pode ainda melhorar a tua posição nos motores de pesquisa.

​Fatores a Considerar Na Escolha De Um Domínio

​Assim como há muitos fatores a ponderar na escolha de um nome de uma pessoa, existem também muitas implicações na escolha de um nome para um blog.

O que se segue é uma lista de fatores para ter presente na altura de tomar uma decisão.

Quero alertar que há muitas teorias sobre aquilo que é correto e incorreto nesta área, e que apesar de todas as regras criadas ao longo dos tempos, existem sites extremamente bem sucedidos que as ignoram totalmente!

Lembrem-se também, que o gosto pessoal tem uma palavra a dizer em decisões como esta - a noção daquilo que é um bom nome varia de pessoa para pessoa.

E pronto, depois de todos estes disclaimers, vamos então olhar para algumas áreas a considerar:

Metas e Objetivos - Quando estás a tomar decisões sobre nomes e domínios, é muito importante pensar na visão a longo prazo que tens para o teu blog.

  • Qual é o tópico do blog? - Este é um ponto de partida óbvio - a grande maioria dos nomes dos blogs reflete o seu tópico.
  • O que esperas alcançar com o teu blog? - Vai ser simplesmente um hobby, pretendes ganhar dinheiro com ele, queres apoiar um negócio existente, desejas criar uma "marca"?
  • Qual vai ser o seu estilo? - Vai ser um blog só com um autor ou com múltiplos autores? Qual vai ser o tamanho dos artigos a publicar?
  • Em que "voz" vai ser escrito? - Vai ser conversacional, do estilo notícias, humorístico?
  • Qual é a audiência alvo? - Queres dirigir-te a profissionais, a jovens, mulheres, geeks?

Como podes ver, é como escolher um nome para um negócio, necessitas de ter em mente uma estratégia global.

Palavras Chave e Marca - Existem variadas opiniões sobre qual o melhor modelo para a escolha de um domínio. Devemos escolher um domínio composto de palavras chave ou por outro lado devemos optar por um domínio que seja mais genérico ou "brandable". Na minha opinião, esta escolha tem um pouco a ver com o tipo de tráfego que esperas atrair para o teu blog. Vamos analisar cada um deles em separado

  1. Domínios baseados em palavras chave - Estes domínios, como o próprio nome sugere, incorporam no seu nome palavras chave sobre o tópico do teu blog. Isto é bom por uma série de razões. Em primeiro lugar comunica rapidamente aos teus leitores qual é o tema do teu blog e sobre aquilo que fala. Outra coisa positiva é o facto de os motores de pesquisa olharem para as palavras chave no teu domínio na altura de decidirem sobre qual é o tema do teu blog e em que posição devem colocá-lo (este factor hoje em dia já não tão importante como foi no passado, mas eu acredito que ainda tem bastante influência em alguns casos). Alguns exemplos de domínios baseados em palavras chave são: Quero Criar Um Blog, Quero Ficar Rico ou Viver de Blog
  2. Domínios baseados em Marca - Estes domínios podem por vezes ter alguma relação com o seu tópico, mas normalmente a sua intenção é criar algo memorável que se pode tornar numa verdadeira identidade. Em termos de estratégia de tráfego - estes blogs são adequados para desenvolver uma comunidade de seguidores leais. Claro que estes blogs se podem também dar muito bem nos motores de pesquisa, mas isso é por outras razões (ter palavras chave nos URLs é só um entre muitos fatores). Alguns blogs que têm este tipo de domínios são: Libertação Digital, Jovem Nerd ou Segredos da Audiência

Existem bons argumentos a favor e contra estes dois tipos de domínios, mas isso é uma discussão para outro artigo.

Pensamento no futuro - Um dos fatores a considerar na escolha de um domínio é pensar naquilo que o teu blog vai ser no futuro. Existem muitos bloggers que começaram os seus blogs com domínios que refletiam os tópicos dos seus blogs, mas com o tempo foram crescendo e alargando o âmbito do seu tópico, ficando os seus domínios completamente desajustados. No final, o tópico e o nome já não coincidiam.

Dimensão do domínio - Existem várias opiniões sobre qual é a dimensão ideal para um domínio. Tecnicamente podes ter até 63 caracteres de tamanho, mas é bastante consensual que ter domínios mais curtos é melhor por diversas razões (são mais fáceis de lembrar, são menos suscetíveis a erros quando estamos a escrevê-los e visualmente são mais agradáveis)

​A minha preferência pessoal é ter domínios curtos sempre que possível, mas nos dias de hoje é muito difícil consegui-los e por isso temos que considerar algo mais longo de qualquer das maneiras.

Ponto quê? - Outras das questões colocadas na escolha de um domínio tem a ver com qual é a melhor extensão para se ter no final do domínio depois do "ponto". Estas letras (.com, .net. .org, etc) são chamadas de Domínio de Topo (TLD - Top Level Domain) e estão divididas em dois grupos (na verdade existem mais grupos, mas estes são os mais representativos). Em primeiro lugar existem os domínios de topo de código de país e em segundo lugar estão os domínios de topo "genéricos".

​Para escolher um domínio de topo podes seguir uma das seguintes abordagens:

  • SEO (Search Engine Optimization) - A maioria das pessoas acredita que os domínios .com, .net e .org são os mais poderosos. No entanto se vais começar um blog que tem um foco localizado, aconselho a escolher um domínio de topo com o código do teu país, pois isso vai ajudar a ser indexado pelos motores de busca locais (google.pt ou google.com.br). Se a tua intenção é atingir uma aundiência mais global, opta sempre que possível por um .com ou .net
  • Memorabilidade - Normalmente as pessoas assumem que determinado site ou blog tem a extensão .com. Isso pode trazer alguns problemas se escolheste um domínio .net ou .org. Sempre que puderes tenta conseguir a extensão .com para o teu blog pois é por aí que as pessoas vão começar a procurar. Uma das minhas grandes frustações é não conseguir comprar o domínio nunocabral.com

Hífens? - Mais outro eterno debate no tema da escolha de domínios. Devo usar ou não hífens no meu domínio? Por exemplo, uma versão com hífens deste blog poderia ser Academia-de-Bloggers.com. A principal razão para alguém preferir um nome com hifens é a seguinte:

  • Disponibilidade - Hoje em dia "os melhores nomes estão escolhidos". Adicionar hífens ao teu domínio dá-te mais opções de escolha.

É claro que existe o lado negativo no uso dos hífens

  • Memorabilidade - Adicionar hífens pode tornar difícil para os leitores lembrarem-se do teu domínio
  • Dificuldade de comunicação - Alguma vez tentaste dizer a alguém um domínio com hífens pelo meio? Pode ser um processo bastante irritante.
  • Aumento dos erros - quanto mais caracteres tiveres no teu domínio, maior é a chance de introduzires um símbolo errado
  • Aparenta ser Spam - Existe a percepção nos utilizadores da internet que os domínios com muitas palavras chave e hífens estão ligados a sites de spam

Nomes fáceis - A maioria dos especialistas argumenta que um domínio deve ser fácil de dizer, pronunciar e de escrever. Os usuários da internet são normalmente preguiçosos e se o teu site não é facilmente encontrado, muito provavelmente vão desistir e deixar de tentar encontrá-lo.

A opinião de outros - Antes de adquirires aquele domínio que tens debaixo de olho, pode valer a pena falar com um ou dois amigos de confiança (que não vão logo a seguir comprar o domínio para eles). É incrível como podemos estar a olhar para um domínio e ficar com o nosso discernimento completamente alterado. Por vezes, achamos que encontrámos o domínio perfeito, e quando o apresentamos a outra pessoa ela interpreta-o de maneira completamente diferente. A última coisa que queres é escolher um domínio que seja embaraçoso ou parvo

Domínios previamente registados - Vale a pena verificar se determinado domínio já foi previamente registado. Existem pessoas que compram domínios só para criar sites de spam e que depois os abandonam. Estes domínos podem ter sido banidos pelo google, o que significaria um mau começo para o teu blog

Os pontos acima não são regras rígidas ou verdades absolutas. Como já mencionei antes, alguns dos sites com piores domínios acabaram por ser muito bem sucedidos.

O sucesso ou insucesso de um blog vai muito além do seu nome ou URL - aquilo que eu defendo é que uma escolha sensata pode melhorar as tuas chances no longo prazo.

​Se desejares deixa as tuas dicas, sugestões e experiências nos comentários abaixo

Nuno Cabral
 

É um estudioso dos mundo dos blogs e dos negócios digitais e tem a ambição de um dia conseguir viver unica e exclusivamento dos rendimentos obtidos nos seus negócios online. Sabe mais...

  • Um domínio é uma parte importante na construção de um blog. Porém, eu sempre uso domínios mais por estética do que otimização.

    Mas, se você quiser trabalhar com micro nichos, escolher um domínio com a sua palavra-chave é essencial!

    • Olá Matheus,
      que bom ver-te aqui de volta.

      Concordo contigo. Eu hoje em dia tento sempre escolher um domínio mais virado para o branding, que dê para construir uma marca.

      Quanto aos micro nichos, concordo em parte contigo. Podes escolher para o teu micro blog um domínio com palavras-chave, mas se eu dia queres fazê-lo crescer ao ponto de se tornar um blog de autoridade, ficas agarrado aquele domínio inicial.

      Além disso, os domínios baseados em palavras-chave já não têm o peso que tinham antes na indexação dos motores de pesquisa, nomeadamente o Google. Aliás, esse factor tem um contributo muito pequeno mesmo.

      Abraço